Operação e conservação de Escavadeiras

 

Olá!
Hoje vamos falar um pouco sobre a conservação do sistema hidráulico dos equipamentos.

Esperamos aqui contribuir em sua vida profissional deixe seus comentários

Você sabia que o sistema hidráulico é o grande responsável pela quantidade de material e velocidade de trabalho que você Operador executa em seu dia a dia? Pois é e para que ele funcione corretamente devemos dar a devida atenção ao óleo hidráulico como:

Verificações de nível e vazamentos, especificação do óleo a ser usado, intervalo de troca, e sobre técnicas de operação.

Referente á verificação de nível

É de suma importância que antes de operar seu equipamento se realize a inspeção de nível do óleo hidráulico sempre o mantendo em dentro das especificações de nível recomendadas pelo fabricante, tanto quanto a falta ou excesso será prejudicial para este sistema, veja a seguir:

Nível abaixo do recomendado

O nível  abaixo do recomendado  irá fazer com que a bomba hidráulica não seja lubrificada corretamente por consequência tanto quanto irá diminuir sua vida útil podendo levar á sérios danos como ira fazer com que a máquina não tenha a mesma eficiência em escavações e movimentações tornando a lenta.

Nível acima da faixa máxima recomendada

Quando se eleva o nível de óleo acima do recomendado ao trabalhar óleo ao aquecer irá e assim aumentar seu volume gerando alta pressão dentro de todo o sistema hidráulico gerando superaquecimento, rompimento de vedadores provocando vazamentos e rompimento de tubulações ( mangueiras) ao longo do tempo.Além de que impedirá a circulação adequada e seu resfriamento podendo levar até mesmo à perda total da bomba hidráulica.

Especificações do Óleo 

Além de todos estes cuidados devemos também dar a devida atenção sobre o tipo de óleo a ser usado, muitas pessoas ao realizar a revisão ou remonte de óleo após vazamentos acabam por usar qualquer tipo de óleo porém este ato poderá gerar sério danos ao equipamento. Como temos diversas máquinas no mercado cada uma após seus testes podem usar diferentes especificações para seus produtos sendo assim pode ocorrer de que o óleo da marca A não supra a necessidade de lubrificação da marca B gerando problemas em seu equipamento, além de que pode ocorrer reação química ao misturar marcas de óleos diferentes provocando falhas de lubrificação  e formação de borras impedindo a circulação adequada.

Técnicas de Operação

Sempre execute trabalhos de acordo com a capacidade que seu equipamento foi desenvolvido não exceda a capacidade de carga isso acarretará em superaquecimento  do sistema hidráulico e até mesmo provocar acidentes.

Enfim ser um Operador profissional não deve ser apenas operar, e sim também cuidar de seu equipamento.

 

 

 

Operação e conservação de Escavadeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *